Saltar para o conteúdo

Notas do Herbalista 62: Visco-branco

O Visco-branco é um arbusto hemiparasita que cresce nos ramos de diversas espécies de árvore.

Existente em praticamente todo o mundo, em Portugal encontra-se especialmente no Alto Minho e na Estremadura.

Visco-branco
Ilustração pelo Prof. Dr. Otto Wilhelm Thomé.

Ficha Botânica:

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoiopsida
Ordem: Santalales
Família: Viscaceae
Género: Viscum

O Visco-branco(Viscum album L.), ou Erva-de-passarinho, muito popular em França onde é conhecida por Gui, é uma planta com 20 a 50cm de altura de caules verdes, lenhosos, em tufos esféricos de ramos espessos e cilíndricos. AS folhas são opostas, persistentes, oblongas e carnudas.

As flores são amarelo-esverdeadas em fascículos sésseis. O fruto é uma baga redonda, branca com polpa viscosa e translúcida.

A raiz é curta e espessa, penetrando o tecido do seu hospedeiro. Por ser capaz de realizar fotossíntese é considerada uma hemiparasita. A sua propagação é realizada pelos pássaros que carregam as sementes de árvore em árvore.

O Carvalho é uma espécie naturalmente resistente a este parasita, pelo que o Visco-branco é extremamente raro nos ramos desta árvore. Quando surgia, os Druidas atribuíam-lhe propriedades mágicas, devendo ser colhido com uma foice de ouro. Assim, é um dos ingredientes da poção mágica de Panoramix, o druida da famosa série de banda desenhada “Astérix”.

Nos países do Norte da Europa é utilizado nas decorações de Natal, sendo pendurado sobre portas e em locais de passagem. Quando duas pessoas se encontram sob o Visco devem beijar-se.

Usos medicinais e princípios activos:

⚠ Não devem ser utilizados os frutos. As folhas não devem ser fervidas.

Rico em colina, derivados triterpénicos e alcalóide, é antiespasmódico, diurético, hipotensor e purgativo

É usado para problemas de circulação e respiratórios.

Usos culinários:

Na Croácia é usado para aromatizar o licor biska.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *