Saltar para o conteúdo

Notas do Herbalista 80: Dente-de-leão

O Dente-de-leão é uma planta nativa da Europa que se encontra em caminhos, pastos, prados e jardins.

Em Portugal existe por todo o país.

Dente-de-leão
Ilustração de Walter Otto Müller.

Ficha Botânica:

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Asterales
Família: Asteraceae
Género: Taraxacum

O Dente-de-leão (Taraxacum officinale F. H. Wigg.), também conhecido por Taráxaco, Quartilho ou O-teu-pai-é-careca, é uma planta vivaz com 5 a 50cm de altura. As folhas são glabras, compridas e roncinadas, dispostas em roseta basilar densa.

As flores são amarelas e liguladas, formando grandes capítulos na ponta de um pedúnculo radical liso e oco. O fruto é um aquénio cinzento-azulado ovóide e espinhoso na parte superior.

O rizoma é castanho-escuro, espesso, aprumado e esbranquiçado no corte.

Melífera, é muito apreciada pelas abelhas.

O seu nome comum vem do formato dentado das suas folhas.

As crianças usam o Dente-de-leão para fazer um jogo em que perguntam a outra “O teu pai é careca?”, soprando em seguida os frutos, que, voando, deixam a base semelhante a uma cabeça careca, respondendo assim à pergunta.

O seu látex tem algum interesse no fabrico da borracha.

Usos medicinais e princípios activos:

Rico em Clorofila, alcalóide, óleo essencial, inulina, tanino, glúcidos, sais mineirais e vitaminas, é um tónico hepático, diurético, depurativo e estomáquico.

Estimulante do fígado e da vesícula, utiliza-se na icterícia e nas digestões difíceis. Não deve, no entanto, ser utilizado em casos de cálculos biliares.

É, também, um poderoso diurético, sendo aconselhado em caso de retenção de líquidos, pedras nos rins, e como coadjuvante para o tratamento da obesidade.

É ainda útil nos casos de diabetes e colesterol elevado.

Usos culinários:

As folhas do Dente-de-Leão são utilizadas em sopas e saladas primaveris.

As flores podem ser usadas em saladas, refogadas ou em compota.

A raiz torrada e moída é um sucedâneo do café.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *