Saltar para o conteúdo

Notas do Herbalista 122: Cornichão

O Cornichão é uma planta que habita em terrenos cultivados, campos, bosques, taludes e penhascos.

Bastante comum em relvados, lameiros, locais arenosos e pedregosos de quase todo o país.

Cornichão
Ilustração pelo Prof. Dr. Otto Wilhelm Thomé.

Ficha Botânica:

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Fabales
Família: Fabaceae
Género: Lotus

O Cornichão (Lotus corniculatus L.), também conhecido por Loto, é uma planta vivaz com 15 a 30cm de altura, de caule ligeiramente prostrado, maciço, glabro e pouco ramoso. As folhas são trifoliadas de pecíolo curto com duas grandes estípulas.

As flores amarelo-alaranjadas, maculadas de púrputa agrupam-se em umbelas. O fruto é uma peuqena vagem terminada num chifre, que se abre em espiral quando esta maduro

Melífera, é apreciada pelas abelhas, especialmente nas montanhas.

Usos medicinais e princípios activos:

Rico em substâncias cianogenéticas e flavonóides, é anti-espasmódico e sedativo.

É tradicionalmente utilizado para os casos de nervosismo, palpitações, depressão, angústia e distúrbios do sono.

Usos culinários:

Não tem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *