Saltar para o conteúdo

Notas do Herbalista 66: Vulnerária

A Vulnerária é uma planta bienal (por vezes vivaz) que se encontra em relvados secos, taludes, rochedos e solos calcários.

Em Portugal cresce em matos, pinhais e locais áridos do Norte e Centro

Vulnerária
Ilustração por Otto Wilhelm Thomé.

Ficha Botânica:

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoiopsida
Ordem: Fabales
Família: Fabaceae
Género: Anthyllis

A Vulnerária (Anthyllis vulneraria L.) é uma planta herbácea com 5 a 40cm de altura de caules prostrados ou ascendentes formando moitas. As folhas formam uma roseta basilar; As inferiores têm um só folíolo; As outras são compostas por 3 a 6 pares de folíolos, sendo a terminal maior.

As flores são amarelas, na extremidade de um caule floral erecto, com inflorescências globosas. O cálice é muito viloso com 2 lábios.

O nome Anthyllis vem do grego e significa flor penugenta.

Em Portugal existem várias subspécies, entre as quais a Anthyllis vulneraria subsp. lusitanica que é endémica.

Usos medicinais e princípios activos:

Rica em tanino, saponósidos e flavonóides, é adstringente, depurativa e, naturalmente, vulnerária.

Usada tradicionalmente como cicatrizante de feridas e queimaduras ligeiras.
É, ainda, usada no alívio de contusões.

Usos culinários:

Não tem

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *