Saltar para o conteúdo

Notas do Herbalista 77: Tomilho

O Tomilho é uma planta perene, nativa do Mediterrâneo, que habita em colinas áridas.

Em Portugal é subespontâneo e cultivado um pouco por todo o país.

Tomilho
Ilustração por Walter Müller.

Ficha Botânica:

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Lamiales
Família: Lamiaceae
Género: Thymus

O Tomilho (Thymus vulgaris L.) é um subarbusto com 10 a 30cm de altura de caule lenhoso e tortuoso, com ramos erectos e compactos. As folhas pequenas e lanceoladas, esbranquiçadas na página inferior.

As flores são brancas ou rosadas, pequenas, dispostas em espiga na axila das folhas maiores. O fruto é um tetraquénio castanho.

Usos medicinais e princípios activos:

Rico em óleo essencial, hidrocarbonetos, flavonóides, tanino e saponósido, é antibiótico, anti-espasmódico, anti-séptico, aperitivo, carminativo, diurético, anti-fúngico, vermífugo e tónico.

Grande aliado das vias respiratórias é utilizado em tosses, bronquites, sinusite e asma.

É, também, útil para a digestão e mau hálito.

Por ser antibiótico é auxiliar em infecções bacterianas.

Usos culinários:

Muito usado na cozinha mediterrânica, é utilizado em pratos salgados de aves, porco e peixe.

É, ainda, usado em recheios, legumes, guisados e estufados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *