Saltar para o conteúdo

Notas do Herbalista 68: Escórdio

O Escórdio é uma planta vivaz que habita em valas, prados húmidos e terrenos pantanosos, encontrando-se, por vezes, completamente submersa na água.

Nativo da Europa, em Portugal cresce nos locais húmidos do Continente até 1000m.

Escórdio
Ilustração por Vicente Martin de Argenta.

Ficha Botânica:

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Lamiales
Família: Lamiaceae
Género: Teucrium

O Escórdio (Teucrium scordium L.), ou Camédrios-da-água, é uma planta com 10 a 20cm de altura de caule verde matizado de violeta, vilos, acetinado e muito ramoso. As folhas são verde-acinzentadas, macias, vilosas, oblongas e serradas.
As flores são púrpura ou violáceas, solitárias ou agrupadas na axila das folhas, de cálice viloso, giboso e com 5 dentes. O fruto é castanho e reticulado.

O nome scordium vem do grego e significa “alho” devido ao intenso cheiro aliáceo das folhas, quando são esmagadas entre os dedos.

Usada em tinturaria para tingir as lãs de verde.

Usos medicinais e princípios activos:

Rica em colina, tanino e essência é febrífugo, tónico e vulnerário.

É usado nas úlceras cutâneas.

Devem usar-se as folhas e sumidades floridas frescas enquanto conservam o seu odor característico.

Usos culinários:

Não tem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *