Saltar para o conteúdo

O Líquen-da-islândia é, como o seu nome indica, um fungo e não uma planta. No entanto, para fins medicinais, os líquenes e musgos são tratados como plantas, pelo que faz sentido existir uma nota para esta espécie.

Nativo do Norte da Europa, encontra-se em turfeiras, florestas, penhascos ou em árvores, às quais adere sem parasitar. Em Portugal encontra-se principalmente na Serra da Estrela.

Líquen-da-islândia
Ilustração por Franz Eugen Köhler.

Ficha Botânica:

Reino: Fungi
Divisão: Ascomycota
Classe: Lecanoromycetes
Ordem: Lecanorales
Família: Parmeliaceae
Género: Cetraria Ler artigo completo

A Fumária é uma planta herbácea anual conhecida desde a Antiguidade

Encontra-se por quase todo o país nas bermas dos caminhos, taludes, campos e terrenos baldios.

Fumária
Ilustração de Amédée Masclef.

Ficha Botânica:

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Ranunculales
Família: Papaveraceae
Género: Fumaria

A Fumária (Fumaria Officinalis L.), ou Erva-moleirinha, é uma planta com 15 a 70cm, de caule verde, frágil, erecto e ramoso. As folhas são cinzentas-esverdeadas divididas em segmentos delgados.

As flores são cor-de-rosa maculado de púrpura, pequenas, alongadas, reunidas em espiga. Fruto globoso como vértice deprimido. Ler artigo completo

A Agripalma é uma planta herbácea vivaz nativa do Sudeste da Europa e da Ásia central.

Rara em Portugal e nas regiões mediterrânicas, encontra-se nas bermas dos caminhos, em sebes e ruínas.

Agripalma
Ilustração de Johann Georg Sturm (Colorida por Jacob Sturm).

Ficha Botânica:

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Lamiales
Família: Lamiaceae
Género: Leonurus

A Agripalma (Leonurus cardiaca L.), ou Cardíaca, é uma planta com 50cm a 1,5m de caule rígido, quadrado, muito ramificado e folhoso. As folhas são verde-escuras por cima e acinzentadas por baixo, pecioladas e recortadas, tendo as inferiores 5 a 7 pontas e as superiores apenas 3. Ler artigo completo

A Onagra é uma planta cujas flores abrem ao entardecer durando apenas até ao meio-dia seguinte.

Pode ser encontrada de forma sub-espontânea em jardins, escarpas, vias-férreas, baldios e escarpas.

Onagra
Ilustração pelo Prof. Dr. Otto Wilhelm Thomé.

Ficha Botânica:

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Myrtales
Família: Onagraceae
Género: Oenothera

A Onagra (Oenothera biennis L.), ou Erva-dos-burros é uma planta com 40cm a 1,5m de caule erecto, simples e folhoso. As folhas são pubescentes. ovais, alongadas, pontiagudas e sesséis, sendo as da base pecioladas. Ler artigo completo

A Grama-francesa existe por todo o lado. Considerada uma erva-daninha pelos jardineiros e hortelões, é uma planta apreciada pelas suas propriedades medicinais.

Grama-francesa
Ilustração por Franz Eugen Köhler.

Ficha Botânica:

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Poales
Família: Poaceae
Género: Elymus

A Grama-francesa (Elymus repens (L.) Gould),* ou Grama-canina é uma planta com 40 a 120 cm de caule rizomatoso, duro e glabro. As folhas são verdes, de cor intensa, estreitas, planas com nervuras e ásperas na página superior.

As espigas são verde-claras, formadas por espiguetas sésseis, imbricadas, em 2 filas alternas. As flores são verdes, de 4 a 6 por espigueta. Cariose oblonga com vértice viloso. Os rizomas são amarelados, rastejantes, providos de nós com raízes adventícias. Ler artigo completo

A Pinguícula é uma planta pequenina e de aspecto frágil. No entanto, esconde um segredo macabro. É uma planta carnívora.

Pode ser encontrada em prados húmidos, pântanos turfeiras ou nascentes de montanha. Em Portugal encontra-se nas margens dos cursos de água de Trás-os-Montes.

Pinguícula
Ilustração de Johann Georg Sturm (Colorida por Jacob Sturm).

Ficha Botânica:

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Lamiales
Família: Lentibulariaceae
Género: Pinguicula

A Pinguícula (Pinguicula vulgaris L.), é uma planta vivaz com 3 a 16 cm. O seu caule é subterrâneo e curto. As folhas são amareladas, dispostas em roseta junto ao solo, sésseis, ovais, viscosas e com a borda enrolada para cima. Ler artigo completo

Surgem, por vezes, dúvidas sobre o termo a empregar para se referir a um "chá de plantas." Chá, infusão, tisana, etc. são palavras que se usam correntemente sem distinção, mas que, na realidade, não significam a mesma coisa.

Tisana

A Tisana

Chama-se tisana ao produto resultante da extracção dos componentes activos da planta com o auxílio de água através de um de três métodos:

Infusão

A infusão é o método mais conhecido para a preparação das plantas e para o qual se usa, normalmente, a expressão "fazer um chá". A receita básica consiste na colocação de plantas em água acabada de ferver, deixando-as lá dentro durante 5 a 10 minutos (com o recipiente tapado), coando-as em seguida. Ler artigo completo

A Esteva é um arbusto muito frequente nas regiões de maior influência mediterrânica, ou seja, mais quentes e secas durante o Verão.

Pode ser encontrada em matas e comunidades arbustivas.

Esteva
Ilustração por William Curtis.

Ficha Botânica:

Reino: Plantae

Divisão: Magnoliophyta

Classe: Magnoliopsida

Ordem: Malvales

Família: Cistaceae

Género: Cistus

A Esteva (Cistus Ladanifer L.), ou Ládano, é um arbusto perene, de ramos erectos, que forma uma copa frouxa com até 2,5m de altura. As folhas são compridas, sésseis, lanceoladas, esbranquiçadas e cobertas de pêlos na página inferior. Quando jovens, é nas folhas que se encontra o ládano, uma resina pegajosa de grande valor. Ler artigo completo

A Erva-de-São-Roberto é uma planta muito frequente no nosso país.

Pode ser encontrada em terrenos baldios, matas, muros e zonas de meia-sombra.

Erva-de-São-Roberto
Ilustração por Christian Sepp.

Ficha Botânica:

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Geraniales
Família: Geraniaceae
Género: Geranium

A Erva-de-São-Roberto (Geranium robertianum L.), ou Bico-de-grou, é uma planta herbácea com 10 a 40 cm de altura, de caule avermelhado, delgado, viloso, formando moitas. As folhas são verde-claras, triangulares, palmadas, com 3 a 5 segmentos lobados. Ler artigo completo

A Morugem é uma planta anual muito frequente.

Pode ser encontrada em quase todo o país em solos húmidos, campos, jardins e bermas de caminhos.

Morugem
Ilustração de Johann Georg Sturm (Colorida por Jacob Sturm).

Ficha Botânica:

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Caryophyllales
Família: Caryophyllaceae
Género: Stellaria

A Morugem (Stellaria media (L.) Vill.), é uma planta herbcea com 10 a 40 cm de altura, de caules tenros, em tufo, rastejantes, com nós bem definidos. As folhas são ovais e opostas.

As flores, minúsculas, surgem nas axilas das folhas das extremidades, são brancas, pedunculadas, com 5 pétalas e 3 estilestes. O fruto é uma cápsula com 6 valvas. Ler artigo completo